terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Vias e mais vias em Brejo!!

O blog tá devagar mas as conquistas não param!! Passado o EENE os esforços se voltaram novamente para Brejo da Madre de Deus e trago aqui quatro novas vias conquistadas recentemente:

Setor do Cruzeiro:

Silas e Junior conquistaram a "Macaco Cidadão" (V E2) 60m, a linha fica ao lado da Mundo Psicodélico e termina por enquanto em uma árvore. Possui uma parada dupla com chapas de argola no meio pra rapel.

 Junior na conquista

 Junior na conquista
 

 Silas na seg

Croqui do setor atualizado. A via nova é a n° 5

Setor do Diedro:

 Os mesmos, acompanhados do Ílson Soares abriram mais uma via de aderência no setor do diedro, próximo à Serra do Estrago. Se trata da Atividade Maciça (3° VIsup E2 D1) 145m, via que repeti com o Ílson no último sábado pra fazer o croqui. O VIsup do início não é brincadeira não! hehehe
A via é protegida com chapeletas e possui grampos ou argolas nas paradas.

 Silas no início

 Junior e Silas

 Ílson reforçando a equipe

 Ílson na segunda enfiada

 Parada

 Meio da via

 Final chatinho!

 Croqui do setor do Diedro

Croqui da via

Serra do Junco (Barra de Farias)

 Via nova em um setor novo também. Dessa vez em Barra de Farias, abri junto com o Ílson a Cerônica (Vsup E2) 90m, bonita via que dá acesso ao cume da Serra do Junco. São três enfiadas: a primeira começa em um diedro em oposição, protegido por peças pequenas e depois segue uma linha de grandes blocos e fendas até um diedro menor que vai afinando até chegar na P1. A segunda enfiada começa em agarras, passando por uma chapa e depois entra em mais um diedro, dessa vez com peças grandes e médias até a P2. Pra terminar, um nut e uma chapa protegem a última e mais fácil das enfiadas da via!


 Serra do Junco - Barra de Farias - Brejo

 Ílson, Miguel e Marcelo

Cauí na Primeira Enfiada

 
 Ílson na primeira enfiada

 Diedro do início

 Miguel na primeira repetição

Miguel na segunda enfiada e Marcelo na seg

Serra do Junco. inha da Cerônica à direita.

 Croqui da Cerônica

O nome da via se deu porque ao perguntar a um morador local qual seria o melhor acesso à pedra, fomos atendidos com a informação de que a estrada que chegava na pedra ficava "depois da cerônica", deduzimos depois que seria a estrada depois da cerâmica!

Serra do Estrago

A linha que faltava para preencher o croqui da Serra do Estrago foi aberta no último fim de semana! Sexta-feira Silas, Junior e Ílson abriram os 90m iniciais da Acupuntura Nordestina (4° V E2 D1) 170m. No sábado fui com eles pra terminar a empreitada e, logo na parte já conquistada dei um vacilo e não consegui me segurar quando uma agarra de pé se quebrou, voei, ou melhor, corri uns 6m pra baixo perdendo assim a cadena da primeira enfiada (IV) hehehe. Sacudi a poeira e continuei, conquistando mais 30m até um platô enorme, onde é a P2. Ílson entrou na sequência e conquistou mais 60m até antes da vegetação. Daí pode-se juntar com a caninada pela esquerda ou tocar por entre os matos, escalaminhando até a última parada da Caninana, uns 60m depois. A via é protegida por chapeletas e possui grampos nas paradas duplas, exceto nas três últimas, que possuem um grampo e uma chepeleta com fita cada uma, portanto leve três cordeletes/fitas para poder fazer todos os rapéis em paradas duplas. Assim que possível vamos colocando malha-rápidas nessas chapas.

 Silas na primeira enfiada

 Ílson tocando pra cima

 Cauí em alguma parte da via

 Ílson e Junior descendo

 Duplicando a P2

Serra do Estrago. A via é a n° 18.

Croqui (clique para ampliá-lo)

Por último, ainda em construção temos a segunda via da Serra do Junco, sem nome, percorre um grande diedro de 70m dividido em duas enfiadas, a primeira toda em móvel e a segunda com chapeletas. O grau está por volta do IV/V. Em breve mais notícias!!!

terça-feira, 26 de novembro de 2013

III Mulambada - Escalada pra iniciantes!

Acontecerá no final de semana dos dias 7 e 8 de dezembro a tão esperada III Mulambada da ASPER!

Evento realizado pela ASPER com o apoio da Prefeitura Municipal de Brejo da Madre de Deus, dedicado exclusivamente a quem nunca escalou e quer conhecer o esporte de forma segura!!

As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas e costumam ser preenchidas rapidamente, portanto, corra!!!


quarta-feira, 30 de outubro de 2013

XII EENe - Algodão de Jandaíra/PB

Tá chegando a hora!!!!

Amanhã é o último dia de inscrições a preço promocional!!!

INSCREVA-SE AQUI!!


Na foto: Stenio conquistando uma das vias mais clássicas de Algodão: Goretex (7c), não deixe de entrar!!!

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Novo Setor em Brejo: Cruzeiro

Mais algumas novidades surgiram em Brejo no último mês! Dessa vez são vias tranquilas de até três enfiadas, no máximo VI grau e com uma caminhadinha de 5 minutos até a base das vias, saindo do centro da cidade! Setor do Cruzeiro!

Cruzeiro

Começando pela esquerda, a primeira via é a "Primeiros Passos", uma singela rampa de 60m que pode ser facilmente escalada por qualquer pessoa, boa pra que quiser aprender a guiar sem ter o menor risco de cair! Do cume dá pra ver Brejo todo!

Silas conquistando a "Primeiros Passos"

Depois tem a "Ondas Eletromagnéticas", aberta por mim e pelo Leo, possui um lancesinho de V grau no crux e uma proteção móvel pra apimentar um pouco.

Cauí na "Ondas Eletromagnéticas"

A próxima é a "Caminho dos Brócolis", que eu abri com Eveline (RN). A primeira enfiada é mais verticalzinha, com agarras, depois mais trinta metros de aderência e a última enfiada beeem positiva seguindo um veio de cristal.

 Cauí na Caminho dos Brócolis

Eveline duplicando a parada

A última via até o momento foi aberta pelo Silas e pelo Junior, a chamada "Mundo Psicodélico" possui 60m e um comecinho de aderência mais exigente e bem protegido.

 Junior na Mundo Psicodélico

Silas na Mundo Psicodélico

Todos os croquis estão aqui e estarão também disponíveis na próxima edição do Guia de Escaladas de Brejo da Madre de Deus!

 Panorama Geral: 1(Primeiros Passos), 2 (Ondas Eletromagnéticas), 3 (Caminho dos Brócolis), 4 (Mundo Psicodélico).




sexta-feira, 7 de junho de 2013

Espiral Sentinela

 Esses dias finalmente fui ver de perto a parede que estava na minha cabeça já fazia algum tempo: Serra do Ponto! Equipamos uma via nova, ainda não encadenada, com cerca de 40m verticais/negativos de regletes (à moda da casa) que vai dar trabalho!

O Marcus foi o comparsa que topou a empreitada, mochila nas costas e lá fomos nós às 5h da manhã começar a caminhada.


 A parede é a mesma onde fica a via Deuses Esquecidos, ou seja, a Serra do Ponto, mas o setor em questão possui um acesso mais rápido e fácil, a partir do Clube Amaro (local onde deixa o carro) começa uma caminhada que dura no máximo 40min e chega ao cume da Serra do Ponto. A trilha é bem marcada e dá a volta por cima (pela direita) em uma "montanha" que fica na frente da Serra do Ponto.

 Caminhando com a lua ainda no céu

Uma vez no cume, já se avista a face onde fica a via, daí foi só encontrar o rastro pra chegar facilmente na base da "falésia", margeamos ela até onde a preguiça permitiu (quase chegamos no meio da Deuses...), olhando as possibilidades para novas vias.

 Chegando na base

 Linha da via (passa pertinho das macambiras)


 Após escolhermos a linha do dia fomos por cima pra tentar localizá-la.

 Serra do Ponto: Cume de Pernambuco

 Sítio Amaro, local onde paramos o carro

Primeiro montei um rapel usando três chapeletas existentes no local, amassadas à marretada sabe-se lá por quem. Consegui visualizar que a linha desejada estava mais à esquerda, montamos outro rapel e comecei a equipar a nova brincadeira!!

 Chapa de rapel

 Trilha da garganta




 Comecei a fixar as proteções de cima pra baixo, seguindo a linha de agarras que levava até o início que visualizamos mais cedo.
A via possui boas agarras no final e no início, sendo o trecho do meio, por acaso o mais negativo, a parte com maior escassez de agarras =P


 Pedra da bicuda vista da Serra do Ponto

A linha vermelha na foto abaixo é o traçado aproximado da Espiral Sentinela (Projeto IX?) 40m: 15 costuras (6 longas). A via é bem protegida, escalada esportiva, o que não impede alguns bons voos! Pude dar uma entrada depois do "trabalho" pra conferir, ficou forte! hehehe
Sem dúvida o melhor é o visual, existe um desnível de mais de 500m (chute) do local da via até o "chão", onde fica a cidade.
O setor apresenta mais algumas possibilidades interessantes, em breve teremos mais novidades!!!

Azul: Deuses Esquecidos (VIIIa A2 220m)
Vermelho: Espiral Sentinela (Projeto IX? 40m)

Ah, no dia seguinte fomos conhecer a via Metamorfose Ambulante, conquistada pelo trio  Silas, Junior e Zé do Ovo, muito legal! A via é bonita, tranquila, rocha boa, enfim, vale o passeio!
De tarde rolou a cadena da "La Mole Mole", via recentemente aberta mas que ainda não tinha sido nem ao menos "provada"...três chepeletas no setor da caverninha que eu acho que custam 8a...
Até mais!!