segunda-feira, 9 de março de 2015

Tillandsia - Nova via na Bicuda

Essa plantinha da foto é bastante conhecida pelos escaladores em Brejo da Madre de Deus, pois está presente em boa parte das pedras da cidade. Ela deu nome à nova via na Pedra da Bicuda, por sugestão do Simond.


A via foi aberta em três investidas rápidas, a primeira com Kat, a segunda com Eveline e a terceira com Igor, quando finalizamos os 90 m de via.

Eu e Igor no fim da via.

Ficou uma opção de escalada não muito difícil e com boa proteção, apesar de utilizar algumas peças móveis no início. São três enfiadas curtas, de até 30m, protegidas com chapeletas e com argolas nas paradas, que são todas confortáveis e em platôs. A descida pode ser feita em apenas dois rapéis, pois da P2 a corda chega ao chão, por ser uma enfiada diagonal. A dificuldade fica entre o V/Vsup em todas as enfiadas.


sexta-feira, 6 de março de 2015

Serra Rasa - Novo Setor em Brejo [Atualizado]

Ainda no fim do ano passado foi feita a primeira investida na Serra Rasa, onde os escaladores locais Zé do Ovo, Junior e Silas abriram a primeira via do setor, chamada Bacurau, um 5° grau técnico com as chapas bem esticadinhas (E3), totalizando 50 m de escalada, são 06 costuras para fazer a via inteira. Rapel com uma corda de 50m.

 Aproximação

 Quase lá.

 Junior na conquista da Bacurau

 Junior na Bacurau

Fui conhecer a via e abri mais uma em uns blocos visíveis da base da via, no sentido da trilha de volta. Existe um setor bem legal, com fendas largas ainda para conquistar. A via aberta na ocasião foi a Chaminé "Segura na Mão de Deus" IV, curtinha, com possibilidade de proteger no início com um camalot #6, montando uma parada no topo com umas peças médias dá pra descer andando..

 Setor de esportivas, onde tem a via "Segura na Mão de Deus"

Depois voltamos e abri, com a ajuda do Zé e do Junior, mais uma via na parede, a Núbia, quase toda em móvel, com duas enfiadas (20 e 35m), não passa de Vsup, peças grandes são bem vindas e o rapel por enquanto pode ser feito com 02 cordas de 60m ou com uma corda abandonando uma fitinha na chapa de um projeto que está seno aberto pelo Ary na linha do rapel da via.

 Início da Núbia

 MOntando a P1

Final da via.



Depois o Junior bateu a primeira chapa de outro projeto, na face virada pra estrada asfaltada, e me disse que era uma canaleta meio suja de lodo, mas não muito difícil. Fui lá com Igor, também de Brejo, e terminamos a terceira via do setor: Xexelêta (Vsup E2 90m). Realmente, era uma canaleta xexelenta, mas divertida.

 Igor na segunda enfiada da Xexelêta # Foto: Cauí



A Serra Rasa fica seguindo a estrada à direita a partir do trevo, pra quem vem de Recife. Entrar à direita na frente do Grupo Escolar, seguir dando a volta na Pedra da Bomba, e subir à direita antes da igrejinha, estacionar o carro na última casa e seguir a trilha óbvia mirando na pedra.


Serra Rasa
Esquerda (fora da foto): Xexeleta
Esquerda pra direita: Bacurau, Projeto, Núbia.

Fotos do Post: Silas Brito
Croquis: Cauí Vieira